Sunday, April 29, 2007

Caqui em três tempos

A idéia era preparar uma receita com cáqui, que é o Rei da Quinzena do Colher de Pau. Só que o tempo anda curto, curtíssimo.

Mas, coincidentemente, pés de cáqui apareceram no caminho de Marie Amélie, pela segunda vez. A primeira foi há dois anos e eram enooormes, muito altos e carregadíssimos, vários deles, em um encontro inesperado na Serrinha do Alambari.

Inesquecível comer cáqui direto do pé.

Parecia criança, de tão empolgada.

Desta vez, em outra serra, não eram tão grandes, mas tão lindos... e gostosos!

Então, com vocês, cáqui em três tempos:

1 - No pé:





2 - Na mão:



3 - No prato:


5 Comments:

Blogger Cris said...

Olá Raquel, em Portugal a esse fruto chamamos de Diospiro, são dessa cor e outros bem mais alaranjados que são mais molinhos...eu adoro diospiros/caqui, são tão bons!!!! E compota de diospiros/caqui, uma delicia.
Beijinhos

3:47 AM  
Blogger Divã de Noiva said...

nunca comi nenhuma receita com caqui....esses parecem muito bons! bjs

9:38 AM  
Blogger Cris said...

Oi Raquel, eu gosto de caqui, este parece o fuyu e é o mais gostoso, eu fiz muffins de caqui e ficaram muito bons! Bjs!

11:48 AM  
Blogger fezoca said...

eu nao sou muito fan dessa fruta, mas que ela eh bonitona, isso ela eh! :-)

beijaoo, lindoca!

5:09 PM  
Blogger A Dona do Bloguinho said...

Cris,

diospiro? Que interessante, nunca achei que o nome fosse diferente!

Divã de Noiva,

me aguarde que você vai ver.

Cris,

eu adoro caqui, gosto muito mesmo. Comi vários do pé. :) Gosto muito do caqui maça, também aquele menorzinho.

Fernanda,

o colorido é lindo, né? :) Frutas são sempre as minhas melhores fotos... :p

Beijos a todas e obrigada pela visita. :)

6:18 AM  

Post a Comment

<< Home